Telas e Mambos do Gua

Telas e Mambos do Gua
PINTURA E OUTRAS OBRAS - CLIQUE NA IMAGEM

MEMORIZANDO A VIDA. ELA ACONTECE A TODO O INSTANTE

MEMORIZANDO A VIDA. ELA ACONTECE A TODO O INSTANTE
Fotografia - Memorizando - CLIQUE NA IMAGEM PARA +

a vida é um tsunami dentro de um sopro

"ubunto em todos nós"


SUSSURRANDO


08/12/12

A festa do silêncio











já não consigo fazer do ruído dos carros a passar, o ribombar das ondas do mar.


a luz do tecto, é a da Lua que também se espelha na minha rua e os prédios são translucidas gaiolas, que não me inibem de tocar com o olhar, o que para lá deles acontece. Começo a perceber porque isso sucede... é a luz do outro lado que mo revela. quem se diz meu espelho, e eu quero crer.


o cacimbo que pinga das nuvens saturadas de mim, se presta, ao entrelaçar de cordas para meu balouço.


deixo-me balouçar na última das brincadeiras, outros virão daqui tomar o balanço a seu tempo.


na verdade, já lá estava havia muito, muito tempo treinando o balanço que me levaria a subir tão alto, na dança da chuva. a que lava as almas antes de ganharem asas que ninguém vê.


estou sem espaço neste fato que não foi feito à medida. tudo é tão breve que não cabemos no pensar.


ouço o tocar dos sinos que não parecem verdadeiros, e aquela cruz iluminada fluorescente, que só acende, porque me rouba alimento à já minha desgastada energia. se a mim me ofende, a ele não, que tudo perdoa... mas ele não é pessoa!


será que o que vimos, ouvimos ou tocamos, é o que nos parece, ou é o que desejamos com tanta intensidade que assim seja?


mas hoje é dia de festa! a festa não é minha!

ela se faz sozinha...

o presente deveria ser o silêncio, mas de mim a escolha não carece.


perdoa se puderes, por não me ter despedido a meio da festa, mas sabes que um dia quando menos se esperar, a gente encontra-se, no único sitio onde não há hora de ponta e ninguém é dono do pedaço e a orquestra é imensa.

eu já ouço o som mavioso dum chill out que a todos encanta... pois de tão suave, absorve o que não interessa.


lá, o sinal estará sempre aberto, todos passam através uns dos outros sentindo o sopro da presença que afaga, não machuca e o sonho continua, porque o espaço não se esgota, nem tem lugar nem hora marcada.


é tão somente o dia da nossa festa!




guma







.


34 comentários:

Angela Fonseca disse...

Belo e nostálgico! Alguém já disse, acho que Vinicius de Morais, que "o poeta só é grande se sofrer..." Porque deve ser assim? Por que ser a flor de lótus, maravilhosa, mas que cresce em meio à lama? Vá entender... Beijos para você, amigo. ANGELa

Jorge disse...

A poesia liberta, o meu amigo escreve, dá asas ao seu pensamento e às suas inquietações, aos seus estados de alma.
A sua festa do silêncio é a música das almas, transformando-se a vida numa oração.
Um forte kandando,
Jorge

Milene Lima disse...

Eis a inspiração do homem, que faz festa em silêncio pros versos, que dançam e dizem lindos e incontidos.

E do lado de cá do oceano o desejo é de que, mesmo silenciosas, alguma festa sempre aconteça na tua alma tão especial.

Mas cante, mas te alegra, mas viva!
Beijos e kandandos, muitos.

luna luna disse...

existe um tempo para tudo, para amar , para sofrer para chorar mas depois de tudo isso, depois do luto existe o momento da despedida, pois só assim se pode continuar a viver a vida que inicialmente ao nascer nos foi traçada, que possas caminhar nessa linha e seres feliz
beijinhos

Rosa Carioca disse...

Senti uma pontinha de tristeza... será?
Kandango.

Janita disse...

Meu querido Guma.
Chego, leio, emociono-me e parto sem conseguir encontrar as palavras que gostaria de dizer.
Volto, releio e a emoção permanece.
Que fazer? Que dizer?
O silêncio é uma festa que poucos entendem...mas ela é tua...a tua festa.
Liberta o teu desassossego em palavras que só tu sabes o peso que têm e te tragam o alívio e a paz.
Eu, meu amigo, serei sempre o ombro com o qual podes contar...sempre!
Beijinhos e kandandos com carinho.

Janita

Manuel disse...

Que posso eu dizer perante tão belo poema?
Tanta solidão que deixas transparecer nas linhas dos teus versos.
Bom Natal.
Um abraço

Elisa T. Campos disse...

Caro amigo Guma
Como podes tamanha inspiração para um nostálgico poema de tanta beleza? Nada mais é como dantes. O barulho insurdecedor do concreto emudeceu os sinos e as orações. Mas lá, ao som de um" chill out" sentes o sopro de um verdadeiro afago, nada é insensível e naquela festa a verdadeira presença que afaga e o sonho continua.

Lindo.
Um Feliz Final de Ano para você.

Orvalho do Céu disse...

Olá,
Passo, com calma, bem antes da data, para desejar-lhe, com carinho fraterno, que vc tenha Boas Festas neste fim de ano!!!
"A felicidade é com a gota de orvalho numa pétala de flor, brilha tranquila, depois que leve oscila e cai como a lágrima de amor".
Que vc seja muito abençoado e feliz!!!
Abraços fraternos de Boas Festas

Silenciosamente ouvindo... disse...

Vim especialmente para desejar
um FELIZ NATAL para si e sua
Família.
Bj.
Irene Alves

Marilu disse...

Querido amigo,

O céu se iluminou,
a estrela apareceu,
os anjos entoaram louvores,
nasceu o filho de Deus.

Numa gruta em Belém,
veio ao mundo o Salvador,
trazendo em suas mãozinhas,
verdade, paz e amor.

Seu bercinho foi uma
manjedoura,
pobrezinha e frugal,
que as bençãos do Deus menino
se renovem neste Natal.

Desejo a você e a todos aqueles que mais ama, um
lindo e abençoado Feliz Natal. Beijocas

Maria Rodrigues disse...

Que a sua festa do silêncio tranquilize o seu coração. Hoje passo especialmente para lhe desejar um Natal muito Feliz.
Beijinhos
Maria

Manuel disse...

Vim aqui para desejar, ao meu querido amigo, Um Bom e Feliz Natal.
Um abraço

rosa-branca disse...

amigo Guma, linda a tua festa do silêncio, mas tão nostálgica. Chorar em silêncio, deitado num canto da solidão. Passei para te desejar um Feliz Natal, com muita saúde, paz e muito amor. Beijos com carinho

Rosa Carioca disse...

FESTAS FELIZES!

Fê blue bird disse...

Meu querido amigo tens o dom de escrever as emoções como ninguém.
Tudo em ti é intenso e sofrido. Pensas demais, esperas demais e sofres demais, tudo em demasia até o talento.

Um beijo emocionado e amigo


FELIZ NATAL!

ematejoca disse...

Como aqui (Alemanha) continua o Natal, festa que tem grande significado para mim, ainda te posso desejar a ti e a toda a tua família

BOAS FESTAS DO NATAL

de todo o coração.

Manuel disse...

Feliz Ano Novo!

Denise disse...

"Tudo é tão breve que não cabemos no pensar" foi o melhor convite à reflexão que já recebi..."lá" é o lugar fresco que a alma anseia estar...tão lindo Guma, que chega a doer!

Que em 2013 possa continuar a beber desta fonte criadora sagrada, partilhando conosco deste sentir profundo, recebe meu abraço afetuoso e um tanto mais de carinho que puderes e quiseres apanhar...

Maria Rodrigues disse...

Amigo Guma um Bom Ano 2013.
Beijinhos
Maria

Sonhadora (RosaMaria) disse...

Meu querido amigo

Que neste ano de 2013 que agora se inicia possamos com uma palavra de apoio e fraternidade fazer que o mundo seja melhor e que a esperança de realizar todos os sonhos seja presente sempre nos nossos corações...que a paz o amor e a felicidade seja o alvorecer de um novo tempo de amor e fraternidade.


FELIZ ANO NOVO
Um beijinho com carinho
Sonhadora

Everson Russo disse...

Um feliz ano novo pra você e pra toda sua família, repleto de amor, paz, carinho, realizações, muita poesia pra alimentar a alma, que a paz do Senhor Jesus esteja em seus caminhos por todo o ano que se aproxima....abraços fraternos....

Elisa T. Campos disse...

Que
neste
novo

ano
os
seus

dias
sejam
de

muita
Paz e
Luz

Caro amigo Guma
As vezes o silêncio fala por si, mas nãp poderia deixar de passar aqui para agradecer pelo grande presente que é o seu blogue, uma poética recheada de puro encanto.

FELIZ
ANO
NOVO

Um grande abraço.

rosa-branca disse...

Amigo Guma, passei para te desejar um Feliz Ano Novo com muita saúde, paz e muito amor. Beijos com carinho

Jorge disse...

Amigo Guma Kimbanda,
Foi para mim motivo de grande satisfação receber o seu comentário no Azimute.
Cada um tem de percorrer a sua jornada na vida, com maior ou menor distanciamento dos amigos, mas a amizade é um bem precioso que perdura. Kanimanbo amigo!
Deixo-lhe aqui o meu kandando desejando-lhe um 2013 com paz, alegria, saúde e harmonia.
Jorge

Silenciosamente ouvindo... disse...

Pois é...adorei amigo!
Poesia...uma das minhas paixões.
Um blogue que criei para inserir
poesia que me cedem, fez hoje um
ano.Não sei se o amigo o conhece.
É:
http://sinfoniaesol.wordpress.com
Um beijinho
Irene Alves

Manuel disse...

Caro amigo Guma.
Sei que nem sempre pode estar presente, a vida é mesmo assim.
Embora sentindo a falta, compreendo a impossibilidade.
Vou passando! Revivo!

Maria Rodrigues disse...

Meu amigo passando para deixar um beijinho e desejar um bom fim de semana.
Maria

. intemporal . disse...

.

.

. quando as palavras se entre.laçam assim nesta espécie de céu . onde a lua traduz a vontade minha mas também a vontade tua . e o [meu] corpo já não carece do véu que a tua voz insinua .

.

. deixo.te este abraço . [.deste e neste lugar . onde só o vento é raiz.] .

.

.

Salete Cardozo Cochinsky disse...

Caríssimo amigo Guma
"O tempo passa" como uma banda numa festa!
E aqui encontro essa bela interpretação, descrição de como também podemos perceber e sentir esse ou outros espaços/ compassos/ e encontros.
Desencontros? Nem sempre, tempos diferentes e realidades com as quais é um contínuo aprendizado. Ainda bem.
Assim os caminhos, que se fazem através da escrita, da linguagem podem continuar.
FELIZ 2013
Com carinho meu abraço
PS. Eu também fiquei, por circusntâncias familiares um tempo afastada dos Blog´s.

Salete Cardozo Cochinsky disse...

Caríssimo amigo Guma
"O tempo passa" como uma banda numa festa!
E aqui encontro essa bela interpretação, descrição de como também podemos perceber e sentir esse ou outros espaços/ compassos/ e encontros.
Desencontros? Nem sempre, tempos diferentes e realidades com as quais é um contínuo aprendizado. Ainda bem.
Assim os caminhos, que se fazem através da escrita, da linguagem podem continuar.
FELIZ 2013
Com carinho meu abraço
PS. Eu também fiquei, por circusntâncias familiares um tempo afastada dos Blog´s.

Manuel disse...

Só para dizer que sinto saudades dos seus escritos.
Calculo que o tempo não o permita, mas deixo o deu desabafo.
Um abraço

Manuel disse...

Digo apenas:
Que saudades!

Um abraço

rosa-branca disse...

Olá amigo, voltei para ler a tua festa do silêncio, pois hoje é o único barulho que consigo ouvir. Fico à espera de mais festas... e de silêncios...beijos com carinho