Telas e Mambos do Gua

Telas e Mambos do Gua
PINTURA E OUTRAS OBRAS - CLIQUE NA IMAGEM

MEMORIZANDO A VIDA. ELA ACONTECE A TODO O INSTANTE

MEMORIZANDO A VIDA. ELA ACONTECE A TODO O INSTANTE
Fotografia - Memorizando - CLIQUE NA IMAGEM PARA +

a vida é um tsunami dentro de um sopro

"ubunto em todos nós"


SUSSURRANDO


19/02/13

Brincar de Novo





(colecção particular de J*)




roubo o beijo
que me aquece a alma
abraçando teu universo
na paz que me acalma
é de mim que faz verso,
dito...
não escrito,
sussurrado ao ouvido
e é contigo, por aí
sem destino e com o desejo,
da emoção da descoberta,
que me vejo caminhar
caminhar... como um dia corremos
brincar de novo e voltar a sorrir
de coisas que pareciam banais

até que...

planando, desce no meu colo
um leve algodão
com teu aroma embebido
colorindo a vida perfumada de ti
pura essência
tem as curvas do teu coração
e aos poucos,
volto a mim...






Poema: Guma
Acrílico sobre tela:  Guma
(colecção particular de J*)











.

17 comentários:

Jorge disse...

Viva Kimbanda Amigo,
Sublime poema dum poeta sonhador, que ao acordar o seu sonho parece estar à procura de ser decifrado.
Um forte kandando,
Jorge

✿ chica disse...

Sempre maravilhoso te ler! abraço,chica

São disse...

Valeu a pena esperar!

Oxalá o regresso seja mesmo para valer.

Bons sonhos

Guma Kimbanda disse...

Saudades dos meus amigos - São alguns anos, muitos meses, dias a fio.
A porta sempre aberta como encontro a vossa.
Bem hajam
Kandandos

Janita disse...

Querido Guma.
Fico olhando -ao vivo - para o "Entalhe de um Beijo" e vou lentamente lendo o poema, a minha vista fica enevoada e a dado momento já não enxergo nada...
Sinto o calor da tua amizade aqui e sabes? Prefiro ficar a planar e nem aos poucos quero voltar a mim...
T'Adoro querido Amigo.

Beijinhos e aquele grande abraço!

Janita

Milene Lima disse...

É como se as tuas palavras ficassem maturando, feito os vinhos mais saborosos... E de repente uma aparição dessas, lindas e carregando toda a tua sentimentalidade.

Adoro-te, homem!

luna luna disse...

Leve, intenso,que vai da ilusão ao real, digo muitas vezes que há os sonhos sonhados e os sonhos vividos, que os teus sonhos se possam transformar em sonhos vividos pois tens uma alma sensivel e bela
beijinhos

Regina Rozenbaum disse...

Que lin-do! Faltam-me adjetivos, então fico em silêncio, saboreando.
Beijuuss feiticeiro

Manuel disse...

O poema é, como nos habituou, um hino ao amor.
Há um encanto que nos acompanha no sussurrar das palavras.
Saúdo o seu desejado regresso, espero seja para continuar!
Um abraço amigo!

Maria Rodrigues disse...

Gostei do seu regresso.
Belo poema.
Boa semana
Beijinhos
Maria

Elisa T. Campos disse...

Que lindo poema, sensível poeta.
Foi tanto a demora, mas não em vão.
Já li e reli de tanto encanto.

Um lindo final de semana
Um carinhoso abraço.

Manuel disse...

Só para deixar um abraço!

São disse...

Muito lindo o post tanto na ilustração como no poema

Bem hajas!

✿ chica disse...

Poema inspiradíssimo e tela linda igualmente! Sempre lindo aqui! abraço,chica

Janita disse...

Querido Guma.

Estou passando para te deixar um beijinho e agradecer a visita ao meu cantinho!

Beijos e forte kandando, querido amigo.

Fê Blue bird disse...

Amigo Kimbanda que saudades dos seus poemas, da sua presença sempre amiga e inspiradora.
Gostei do perfume que o fez acordar.
~Mantenha-o sempre vivo.

Linda! Linda a fotografia.

beijinho comovido

Salete Cardozo Cochinsky disse...

E depois da festa do silêncio... Talvez para poder abstrair o que faz a vida é necessário o silêncio.
Bjs